domingo, 31 de maio de 2009

Dalton Di Franco completa 4 anos de audiência com o Plantão de Polícia


Pioneiro na área de programas policiais, o jornalista Dalton Di Franco completou no dia 26 de maio passado, quatro anos de audiência imbatível com o Plantão de Polícia, apresentado diariamente pela Redet v Rondônia - canal 17. Dalton que foi o primeiro apresentador de programa policial no rádio, O Crime Não Compensa (pela rádio Caiari) e depois Programa Dalton Di Franco, na extinta rádio Eldorado, ficou 15 anos no ar ininterruptamente. Líder absoluto, polêmico e corajoso, ele elegeu-se para vereador, em 1988, e a deputado estadual, em 1990. Com a extinção da rádio Eldorado, ele dedicou-se ao jornalismo impressao e voltou a estudar, quando fez o bacharelado em Administração com especialização em Marketing, pela UNIRON, e depois, fez pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior, pela UNINTES. Há quatro anos foi contratado por Sérgio Demomi, para trabalhar na Redetv. Hoje, além do Plantão de Polícia, ele apresenta o programa Sábado Total, levando cultura, entretenimento e muita música, com os talentos locais e convidados de renome nacional. Ele ainda é o editor-chefe de jornalismo da emissora, liderando uma grande equipe de profissionais. Em todas as pesquisas de audiência, Dalton Di Franco dispara na preferência do telespectador. Pelo quarto ano consecutivo, além de liderar a audiência, ele recebe o título de MELHOR APRESENTADOR DE TV, concedido pelo IBEP. Dalton Di Franco costuma dizer que o seu sucesso é o resultado da participacação e cooperação de sua equipe. "Cada um tem um posto pelo menos um tijolo nessa construção", afirma.


RECUPERAÇÃO


A última pesquisa de audiência apontando a liderança de Dalton Di Franco chega numa hora boa. Ele se recupera de um susto, sofrido no dia 19 de março, quando sofreu um infarto enquanto trabalhava. Por conta disso, ficou quase uma semana hospitalizado, tendo passado até pela UTI do Hospital Central. "Por um milagre de Deus, escapei com vida", comemora ele, acrescentando que nao restou nenhuma sequela do mau súbito.

Dalton Di Franco é um sobrevivente nato. Aos 17 anos, ele sofreu um derrame quando ficou seis dias internado no antigo Pronto Socorro Orlando Marques, em Porto Velho, e outros onze no Hospital Beneficência Portuguesa, em Manaus. Recuperou-se. Em 1991, sofreu uma paralisia facial. Ficou 45 dias em tratamento e recuperou-se. Há três anos, sofreu um principio de infarto, recuperou-se. E o mais recente, no dia 19 de março passado. "Deus é muito misericordioso para comigo", reconhece Dalton Di Franco que, depois desse episódio, sonha em viver mais 50 anos para chegar ao centenário de vida. "Espero em Deus. Quero ver agora meus bisnetos, já que tenho a alegria de ver e curtir meus netos", alegra-se.

Um comentário:

ytallo disse...

dalton gostei muito do seu blog ........
estou aqui para t pedir q m agude por favor estou dempregado e tenho um filho pequeno de um ano de idade gostaria de pedir ao senhor que me ajuda-sé eu presciso fazer um curso de vigilante mais não tenho condições financera de pagar o curso eu moro de aluguel meu aluguel es vencendo dia dez com muita dificudade minha mãe está me ajudando não estou pedindo estou emplorando para que o senhor possa me ajudar sou muito fâm do seu programa meu telefone pra comtato e esse (9267-2140) obrigado.....